Button prevê dificuldades para a McLaren no Canadá

A classificação dos pilotos da McLaren no GP de Monaco preocupou o britânico Jenson Button. Após terminar a corrida em 16º e ver seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, em 17º lugar, o piloto já alertou que a escuderia terá dificuldades pela frente com o GP do Canadá, mesmo reconhecendo uma melhora nas colocações dos últimos circuitos.

"Acho que na próxima corrida não conseguiremos apresentar um desempenho melhor porque é um circuito cheio de longas curvas, algo que não cai bem para nós", avalia Button, que já conversou com Alonso sobre as dificuldades que a dupla deve enfrentar no dia 07 de junho. "Nós dois gostamos do Canadá, mas sabemos que não será fácil pontuar. Depois teremos Áustria, onde teremos novas oportunidades", conta o piloto.

Button também fez uma análise do rendimento da equipe nas últimas corridas. Para o britânico, a McLaren vem conquistando posições mais altas a cada circuito e pode melhorar sua situação até o fim da temporada.

"Na primeira corrida terminamos entre os últimos, mas agora estamos conquistando posições melhores. A cada corrida vamos ganhando novas posições na classificação geral. Estamos ficando cada vez mais próximos dos primeiros lugares. É um passo de cada vez a cada corrida", diz. "Tenho esperanças de conseguir grandes melhoras até o fim do ano".

"Não é como se estivéssemos estáticos. Quando falo de melhorias não me refiro apenas a determinados momentos. Mas sim da maneira como temos trabalhado, a boa relação entre McLaren e Honda... O progresso em áreas diferentes", concluiu.