Jogador brasileiro Leandro Castán passará por cirurgia cerebral

O jogador brasileiro Leandro Castán, que atua na Roma, foi diagnosticado com um cavernoma, malformações vasculares do sistema nervoso central, e passará por cirurgia no cérebro no início de dezembro, "para poder retomar a atividade esportiva de forma normal". 

A Roma anunciou oficialmente nesta quinta-feira (20) o quadro do jogador giallorossi, que havia apresentado "uma síndrome vertiginosa" após jogo contra o Empoli. Após o enfrentamento, "testes aos quais o jogador foi submetido revelaram a presença de uma alteração vascular congênita" no cérebro conhecida como cavernoma, informaram médicos da equipe.    

"Dentro do Cavernoma havia um pouco de inchaço e, consequentemente, um edema transitório que causou os sintomas que o jogador apresentou". Ainda de acordo com os especialistas, o Cavernoma não representa uma ameaça para a vida do jogador, que atualmente está em boa condição física, mas existe o risco de um novo episódio como este e isso será corrigido com a intervenção cirúrgica.