Neymar nega mágoa de Thiago Silva e culpa imprensa: tudo mentira

O atacante Neymar minimizou nesta segunda-feira as declarações do zagueiro Thiago Silva, que disse com todas as letras no último domingo estar "chateado" e "infeliz" por não ter tido conversas com nenhum atleta sobre o fato de ter perdido a titularidade e a braçadeira de capitão na Seleção BrasileiraPara o atacante do Barcelona, o problema foi a imprensa, que divulgou as declarações do jogador de forma distorcida.

"Está tudo certo, não estamos brigados, não. Isso que a galera está falando aí é tudo mentira", disse o camisa 10 brasileiro. "Conversamos, acho que está tudo numa boa, tudo resolvido entre a gente, não tem nada demais. Muitas coisas que a gente acaba falando na imprensa acabam saindo de uma outra forma, então eu sempre falo para os meus companheiros para tomar cuidado", afirmou, completando ainda que "ninguém gosta de ficar no banco".

No último domingo, indagado se Neymar havia ido conversar com ele sobre a faixa de capitão, a resposta de Thiago foi: "ele não veio, não tive conversa com ninguém, e é isso que me deixa chateado". O zagueiro disse também que sentia como se algo que lhe pertencia houvesse sido tirado dele.

Os jogadores da Seleção tiveram folga em Viena na parte da tarde no último domingo e se reapresentaram para o jantar no hotel por volta das 20h (horário local). Na saída do jantar, o coordenador Gilmar Rinaldi disse apenas que estava "tudo sob controle" quando perguntado se havia tido uma conversa com Thiago Silva.

Lesionado nas duas primeiras convocações de Dunga em seu retorno à Seleção, o zagueiro do PSG perdeu a titularidade para Miranda, que formou dupla eficiente com David Luiz nos cinco jogos do treinador até aqui. Para o confronto diante da Áustria nesta terça-feira, às 16h (de Brasília), a expectativa é que o ex-capitão da Seleção volte a começar no banco de reservas.