Brasil começa Sul-Americano de Natação com ouro no revezamento misto

O Brasil estreou, na manhã desta quinta-feira (02/10), no XLII Campeonato Sul-Americano de Natação, em Mar del Plata, na Argentina, com a "braçada direita". Isto porque, logo na primeira final disputada no torneio, o revezamento misto 4x100m livre, ainda na etapa classificatória, os nadadores Leonardo Alcover, Graciele Herrmann, Larissa Oliveira e Matheus Santana, conquistaram a medalha de ouro para o Brasil, com 3m33s31. A competição segue até domingo (05/10), com eliminatórias às 10h e finais a partir das 18h.

Matheus Santana fechou o revezamento do Brasil, com 49s05, e ressaltou a importância de iniciar o torneio com esta vitória. "Começar ganhando é muito bom, deixa a gente ainda mais motivado para o resto da competição. Disputar este sul-americano é muito importante para mim, que estou começando no absoluto. Quero continuar nadando bem para buscar vencer as minhas provas". 

Matheus irá nadar os 50m e os 100m livre, além dos revezamentos.

O Revezamento misto já faz parte dos programas de mundiais e torneios continentais, mas foi disputado hoje, pela primeira vez em um Campeonato Sul-Americano Absoluto. Nesta prova, os países escalam dois nadadores de cada sexo, tendo qualquer ordem de saída.

Todas as 14 vezes em que os brasileiros nadaram em busca de uma vaga na final desta noite, no Parque Aquático Alberto Zorrilla, foram bem sucedidos. Logo na primeira eliminatória da manhã, Guilherme Guido, garantiu vaga na final nos 50m borboleta, com 24s59, segundo melhor tempo. Marcos Macedo, também está na final da noite, com 24s84, quinto tempo.

Daynara de Paula (100m borboleta), João Gomes Jr. (100m peito), Nathália Almeida (200m medley) e Miguel Valente (200m livre) vão nadar a fase decisiva de suas provas, tendo feito os melhores tempos das eliminatórias.