Emerson Sheik elogia democracia no STJD, mas reforça "vergonha"

Um dia depois de ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o atacante Emerson resolveu desabafar no Instagram. O atacante do Botafogo pegou leve com a entidade que o julgou e até elogiou a democracia respeitada por ela. Mas não deixou de cutucar a CBF novamente, dizendo que outros pessoas concordam com a opinião dele: "CBF, você é uma vergonha", afirmou Emerson recentemente.

A provocação de Emerson aconteceu no jogo entre Botafogo e Bahia. Após ser expulso, ele se voltou para câmeras e disparou a frase polêmica. O árbitro relatou isso na súmula, o que gerou o julgamento desta segunda-feira. Mas Emerson foi punido de qualquer punição por isso e só foi suspenso por quatro jogos por ter ofendido o árbitro.

No desabafo desta terça Emerson voltou a ser contundente: "a 'vergonha' no futebol brasileiro não é sentida só por mim", opinou o atacante, antes de clamar por mais protestos semelhantes: "debatendo, colocando o dedo nas feridas e as discutindo é o que temos que fazer para evoluir". O desabafo veio junto com uma foto em que ele estava com seus filhos em um helicóptero.

Veja o desabafo de Emerson na íntegra

Uma manhã diferente em minha carreira. Ontem fui julgado, analisado por um tribunal. Cheguei ao STJD com um sentimento de injustiça e até de certa revolta por ser réu por expressar minha opinião. Saí de lá com sensação de dever cumprido e, principalmente, de ver como no Brasil a democracia é respeitada. A 'vergonha' no futebol brasileiro não é sentida só por mim. Debatendo, colocando o dedo nas feridas e as discutindo é o que temos que fazer para evoluir. Eu amo vocês mais que tudo filhos lindos , o maior presente que Deus me deu ...