Flamengo e Maccabi disputam final da Copa Intercontinental de basquete

Tradição contra tradição. Flamengo e Maccabi Tel Aviv entram em quadra nesta sexta-feira, 21h30 no HSBC Arena para o primeiro jogo da final da Copa Intercontinental. Campeão das américas e campeão europeu se desafiam em dois jogos com casa lotada, principalmente porque a torcida do time carioca costuma não deixar o time sozinho nessas horas. “Torcida fanática na Europa é muito comum e em quadra se joga o mesmo basquete”, disse, sem parecer assustado, Devin Smith, ala americano do time israelense.

Para a principal figura do Flamengo, Marcelinho Machado, a falta de tempo de treinamento do time pode pesar na hora da decisão. “E temos que lembrar que vamos enfrentar o time que venceu o segundo torneio mais importante do basquete mundial”, lembrou sobre o título da Euroliga, que credenciou o Maccabi a vir ao Brasil disputar o título. “Mas vamos ter a torcida do nosso lado e dos dez jogadores, oito jogaram ou na seleção argentina ou brasileira este ano”, lembrou.

Para o técnico do Flamengo, José Neto, enquanto o adversário é um time acostumado a conquistar títulos locais e internacionais, o Flamengo segue a trilha para também se tornar importante no cenário internacional do basquete. “Não são apenas dois jogos porque enfrentamos uma referência do basquete mundial. E queremos também ser referência na formação, estrutura e em títulos”, disse Neto, que confia na força do conjunto para vencer. "Hermann e Derrick chegaram com esse espírito", disse sobre o argentino e o ex-NBA que chegou ontem ao Rio para jogar amanhã.

Se o Flamengo teve pouco tempo para preparar o time, o Maccabi teve quase 30 dias de pré-temporada entre amistosos na Alemanha e uma final de copa de Israel perdida em casa. O técnico Guy Goodes assumiu o time há pouco e foram nada menos do que cinco troca de jogadores. “Talvez isso seja ruim, mas todos os que chegaram estão com o espírito da equipe. Conhecemos bem o Flamengo, vimos muitos jogos e estamos preparados”, disse Goodes.

Ainda restam entradas para o jogo de sexta-feira, mas para domingo, 12h, a grande final, os ingressos estão esgotados. O regulamento diz que caso cada equipe vença uma partida, o saldo de cestas vai definir quem será o campeão.