Cruzeiro pede paz aos torcedores na festa do título

Com medo das reações da torcida na comemoração do título no próximo domingo, após o confronto contra o Bahia, no Mineirão, às 17h (de Brasília), partida que marca a entrega da taça de campeão brasileiro, o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, pediu cautela aos torcedores. Segundo o dirigente, o clube já foi informado que qualquer deslize pode gerar uma nova punição.

“Quero solicitar paz, evitar ao máximo invasões no campo, a CBF já deixou claro que terá punição. A nossa festa será lá fora, com muita paz, sem confusão, isso é um pedido da diretoria do Cruzeiro. Essa será a primeira de muitas festas nos próximos anos”, disse em entrevista a Rádio Itatiaia. Por problemas com seus torcedores, em 2013 o Cruzeiro já precisou cumprir uma pena dada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (SJTD).

O dirigente cruzeirense aproveitou a situação para confirmar que o Cruzeiro não pretende desfazer do elenco vencedor que criou neste ano. Após as especulações de propostas envolvendo Everton Ribeiro para o futebol europeu, Mattos garantiu que além de segurar vai contratar atletas para melhorar o grupo.

“Quero falar para a torcida que não estamos negociando nenhum atleta, o Cruzeiro não recebeu propostas, a proposta que tivemos do Everton aconteceu lá atrás (início do ano), mas o presidente segurou. O doutor Gilvan disse que quer manter pelo menos 90% do grupo e buscar melhorar. Já sabemos onde vamos contratar, o Cruzeiro não vai falar nada agora para beber água limpa e para isso é preciso estar na frente de todos. No momento certo vamos trabalhar, antes do natal, após o campeonato, vamos reforçar, com inteligência e sabedoria, em posições pontuais”, revelou.

Com as fortes especulações sobre Fred no Cruzeiro, Alexandre disse que é difícil contratar o jogador e despistou sobre o futuro do atleta. “Ele é de inegável tecnicamente, a qualidade dele é grande, já tentamos, mas a Unimed é dona dos direitos dele, tem interesse nele, o Cruzeiro não fez contato até pelo momento do Fluminense no Campeonato Brasileiro”, finalizou.