Elias cita vontade de ficar, mas evita cravar permanência no Flamengo

Um dos heróis da conquista da Copa do Brasil pelo Flamengo, o volante Elias ainda tem o futuro incerto. Emprestado ao Flamengo pelo Sporting de Portugal, sua continuidade no time carioca dependerá das negociações entre os dois clubes. Elias disse que deseja permanecer na Gávea, mas que não pode definir sozinho seu futuro.

?Com o filho Davi no colo, que passou por um problema de saúde e chegou a ficar hospitalizado, Elias relembrou os momentos difíceis da conquista, especialmente no período em que o garoto ficou internado. O volante exaltou o diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe, que teve a gestão contestada ao longo do ano. Ele lembrou o momento em que os jogadores foram até o vestiário para levar o dirigente ao campo, e jogá-lo para o alto.

"Ele merece tanto quanto nós. Fazer um time com dinheiro é mole, quero ver fazer sem grana. Tudo isso começou com ele, o Pelaipe acreditou nos jogadores", observou.

Novamente questionado sobre a possibilidade de sua permanência, o camisa 8 brincou e disse que Pelaipe estaria mais apto a responder. "É ele que assina o cheque, é ele quem vai pagar", comentou.