Com vitória sobre Goiás fora de casa, Flu aumenta série invicta

Em um jogo de muitos erros no Estádio Serra Dourada, uma emoção no final salvou. Pelo menos para o Fluminense. Rafael Sóbis marcou aos 40min do segundo tempo e decidiu a vitória sobre o Goiás, por 2 a 1, de virada. O resultado confirma a boa fase do time carioca, que agora está invicto há sete jogos - três empates e quatro vitórias - e cada vez mais longe da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O primeiro tempo foi recheado de erros ofensivos dos times, com poucas emoções e nenhuma qualidade. Apenas o Goiás teve momentos esporádicos de inspiração e por isso levou a melhor. Primeiro Diego Cavalieri até conseguiu salvar, após belo drible de Roni na área.

Porém, o Fluminense seguiu passivo em campo e acabou sofrendo o gol: após um chute para o alto na área, Roni ajeitou a bola para William Matheus apenas finalizar. E assim terminou o primeiro tempo: 1 a 0 no placar para o Goiás e sem qualquer finalização do time tricolor ao gol.

O Fluminense voltou do intervalo com as entradas de Eduardo e Igor Julião, mas o mais importante é que a atitude e a sorte mudaram. O time tomou mais iniciativa no ataque e foi premiado: após chute forte de Jean, a bola bateu na trave, nas costas do goleiro Renan e entrou no gol. Curiosamente, o Goiás se beneficiou de um lance parecido recentemente, quando a bola bateu nas costas de Rogério Ceni e saiu o gol decisivo de Rodrigo no último fim de semana.

O empate era ruim para os dois times, que até tentaram se lançar ao ataque e movimentaram a partida, mas os erros de passe continuaram a existir em enorme quantidade. Talvez por isso Eduardo Sasha resolveu arriscar um chute de muito longe aos 31min e quase marcou. Diego Cavalieri se esticou para salvar.

O gol decisivo saiu exatamente quando o Goiás ameaçava fazer uma pressão e deixou espaços na defesa. Felipe iniciou o contra-ataque com um passe longo para Biro-Biro, que rolou rasteiro para Rafael Sóbis. Dentro da pequena área, o atacante teve calma para tirar do goleiro, decretar a virada e o placar final.