Em estreia de Autuori, Vasco empata com Olaria e aumenta jejum

O técnico do Vasco mudou, mas a realidade do time continua a mesma: sem criatividade e de forma apática, o clube cruzmaltino ficou no 0 a 0 com o Olaria, em jogo que marcou a estreia de Paulo Autuori no comando.

Dessa forma, o Vasco completou quatro jogos seguidos sem vencer, sendo que está com apenas um ponto na Taça Rio até agora, praticamente eliminado da disputa. Já o Olaria tem cinco e segue vivo na briga pela classificação.

O novo técnico Paulo Autuori mexeu pouco na escalação do Vasco, apenas com as entradas de Fellipe Bastos e Tenório como grandes novidades na equipe titular. Mas a tática de apostar no entrosamento não deu certo, já que o time fez um primeiro tempo apático. Com mais posse de bola, mas sem criar chances, os vascaínos ainda tomaram um susto: aos 45min, Zé do Gol chutou de fora da área e fez a bola raspar o travessão.

Com Pedro Ken no lugar de Wendel, o Vasco teve un início de segundo tempo melhor: já aos 4min, após jogada de Carlos Alberto, Éder Luis acertou o travessão. Mas o Olaria continuou perigoso e com espaço no ataque, por isso criou novas chances: aos 6min, Victor acertou boa cobrança de falta, defendida em dois tempos por Alessandro; e aos 12min, Victor conseguiu superar Dedé na velocidade, mas falhou na hora de fazer a assistência.

Paulo Autuori fez outras mudanças simples para tentar acordar o Vasco, como as entradas de Elsinho no lugar de Thiago Feltri, e Dakson na vaga do discreto Fellipe Bastos. O time até avançou começou a pressionar no final, mas sempre em lances isolados, como no chute perigoso de Nei, aos 33min,  defendido por Rafael Moreno; ou no bom lance individual de Dakson, aos 36min, que finalizou muito mal. Mas faltou organização para o Vasco conseguir enfim uma vitória.

Ficha técnica

OLARIA 0 x 0 VASCO

OLARIA: Moreno, Lucas, Cleberson, Rafael e Erick Daltro (Ivan); Assis, Erick (Lenine), Mehmet Aurélio e Waldir; Zé do Gol (Valdir) e Victor

Treinador: Luiz Antônio

VASCO: Alessandro, Nei, Dedé, Renato Silva e Thiago Feltri (Elsinho); Sandro Silva, Wendel (Pedro Ken), Fellipe Bastos (Dakson) e Carlos Alberto; Eder Luis e Tenório

Treinador: Paulo Autuori

Cartões amarelos

OLARIA: Rafael, Assis, Victor, Leandrão

VASCO: Nei, Dedé, Carlos Alberto e Dakson

Árbitro

Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Local

Estádio Moça Bonita, em Olaria (RJ)