Após falta, Adriano promete melhorar sua conduta

Zinho não foi definitivo sobre desligamento do atacante caso ocorra terceira advertência

Adriano, que na segunda-feira faltou à reapresentação do Flamengo para passar o dia na favela Vila Cruzeiro, na Zona Norte, pediu desculpas pelo ocorrido nesta terça-feira. O atacante, que já tem duas advertências e, por contrato, pode ser desligado automaticamente do clube na terceira, prometeu fazer de tudo para não agir dessa forma novamente. 

O Jornal do Brasil publicou com exclusividade a falta do atacante ao trabalho e o local onde ele estava.

>> Adriano falta reapresentação e passa dia na Vila Cruzeiro 

“Não participei (da reapresentação), vou ser punido por isso. Já pedi desculpas ao grupo, ao Zinho, peço desculpas aos torcedores. Vou fazer de tudo para não agir mais dessa forma. Agora é minha última chance, se eu faltar meu contrato vai ser rompido. O que me deixa chateado são as informações erradas que saem na mídia”

O jogador aproveitou a coletiva de imprensa no Ninho do Urubu para reafirmar que esta é "provavelmente" sua última tentativa de continuar jogando futebol profissionalmente. Caso não dê certo, ele deve abandonar as chuteiras. 

Desligamento 

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, informou que advertiu Adriano verbalmente e por escrito, como estava previsto no contrato. Reafirmou a falta, desmentindo a informação passada pela assessoria do atacante. Lembrou ainda que, ao assinar com o Flamengo, Adriano assumiu um contrato de risco.

No entanto, Zinho não foi conclusivo sobre o desligamento do camisa 10 no caso de uma terceira advertência. Ao ser perguntado sobre o assunto por jornalistas, o diretor limitou-se a responder que "provavelmente", acrescentando que todas as pessoas estão sujeitas a faltas. 

Zinho ficou claramente triste com o episódio. “Meu sentimento é de tristeza, porque estou apostando muito na recuperação de Adriano, principalmente da pessoa, de um ser humano. Estou me dedicando muito a essa recuperação”.

Ao ser perguntado se Adriano não precisaria de outro tipo de tratamento, ele garantiu que "já foram oferecidas outras possibilidades, como psicólogos. Mas ele é que tem de querer. O Flamengo não mede esforços para recuperá-lo”, garantiu.

Estreia incerta

Depois da falta, existem incertezas dentro do clube quanto à estreia do jogador. "Estou mais preocupado, mas trabalho para isso. O Flamengo está abrindo a porta para o Adriano, que tem história no clube, no entanto não podemos passar a mão na cabeça dele", disse o diretor de futebol.

Para Zinho, além de causarem problemas para ele, as atitudes de Adriano acabam prejudicando o grupo. “Causa um problema a ele, mas também afeta o clube (as faltas de Adriano). E é por isso que o Flamengo se protegeu no contrato”, completa Zinho.

O jogador faltou aos treinamentos da última quarta-feira (29) e desta segunda(3)sem apresentar justificativas à diretoria do Flamengo.