Brasileiras perdem no vôlei sentado e se despedem dos Jogos 

Em seu terceiro desafio na capital inglesa, a Seleção feminina de vôlei não suportou a pressão e acabou derrotada pela equipe dos EUA, por 3 sets a 0, com parciais de 25/13, 25/20 e 25/19. Com o resultado, o time, comandado pelo técnico Ronaldo Gonçalves de Oliveira, fica sem vaga nas semifinais e dá adeus aos Jogos Paralímpicos de Londres.

Assim como a equipe americana, o Brasil vinha de uma derrota para a China e uma vitória sobre a Eslovênia. Na estreia, contra as chinesas, a Seleção conseguiu segurar a partida vencendo o terceiro set, mas acabou perdendo o confronto por 3 sets a 1. Contra a Eslovênia, neste domingo, as brasileiras venceram os dois primeiros sets, deixaram as adversárias empatarem a partida, mas se recuperaram no tie-break, e venceram por 3 a 2, no placar geral.

A disputa desta segunda-feira, válida pelo Grupo B da competição, já começou com as americanas abrindo larga vantagem. A equipe, comandada pelo técnico William Hamiter, venceu o primeiro set por 25 a 13. Na segunda etapa do jogo, as brasileiras tiveram melhor desempenho, mas foram derrotadas novamente, por 25 a 20.

Após novo revés no terceiro set, por 25 a 19, a Seleção brasileira perdeu a partida e foi eliminada da Paralimpíada de Londres. Já o time dos EUA, com a vitória sobre o Brasil, avança às semifinais da competição, ao lado de China, Ucrânia e Holanda.