Musa do MMA aceita comparações com Sonnen, mas se rende a Anderson Silva

Ronda Rousey está mais do que empolgada com a luta deste sábado entre Anderson Silva e Chael Sonnen. Campeã do peso galo do Strikeforce, a americana compareceu a Las Vegas para o final de semana, vibrou ao conseguir os ingressos para o UFC 148 e se recusou a fazer prognósticos para o combate. Ainda assim, admitiu que possui algumas características do falastrão Sonnen, embora não esconda a admiração que tem pelo brasileiro campeão dos médios do maior campeonato de MMA do mundo.

Rousey é descontraída e até mesmo expansiva ao falar. Soca a mesa, pede para que jornalistas mudem a pergunta quando algum tema não lhe traz boas lembranças e vai muito além do assunto quando fala sobre algo de que goste. E, até por isso, são inevitáveis as comparações, que a colocam como a "versão feminina" de Sonnen. Ela mesmo reconhece.

"Não acho que a comparação seja totalmente verdadeira. Aceito, só que penso diferente", comentou Rousey, em entrevista a jornalistas antes da pesagem do UFC 148, nesta sexta-feira, no enorme Mandala Bay Hotel, em Las Vegas.

"Antes de eu chegar ao Strikeforce, todos os discursos das garotas eram como de miss universo: quero a paz no mundo, era muito blábláblá. Era muito chato. E daí vi que o Chael era um exemplo", acrescentou a lutadora, ciente de que o desafiante do cinturão dos médios é muito mais midiático do que habilidoso dentro do octógono. "Ele não é o melhor lutador do mundo, mas as coisas que ele faz o tornam conhecido", salientou.

E é justamente aí que, segundo Rousey, as comparações entre eles perdem validade. A campeã dos galos do Strikeforce diz que não muda o jeito de agir quando o assunto é MMA. Diferentemente de Chael Sonnen.

"Tem muita coisa que o Chael faz na frente das câmeras que não condizem com o que ele é longe dos holofotes. Eu sou quase a mesma pessoa, mas digamos que sou só uma outra versão para mim mesmo quando falam com jornalistas. E vocês me assustam muito. O Sonnen tem uma personalidade criada especialmente quando fala de MMA", comparou.

No entanto, quando convidada a dar um palpite sobre o resultado da luta deste sábado, Rousey foi menos direta no assunto. "É difícil falar sobre isso, não conheço o Anderson a ponto de falar que ele ficou super bravo e que por isso vai destruir o Chael. Só posso falar que adoro vê-lo em ação, ele faz tudo o que eu sempre sonhei em fazer. Só que há muita coisa em jogo, e vendo a outra luta entre eles... não sei. Só posso falar que estou muito empolgada, pois ninguém tem a menor ideia do que vai acontecer. E eu vou ver", comemorou, sorrindo e fazendo uma dancinha na frente dos repórteres.

Anderson Silva e Chael Sonnen fecham o card principal do UFC 148 neste sábado, no octógono montado no MGM Grand Hotel, Las Vegas. O duelo, além do cinturão dos médios do UFC, também marca a revanche com a qual o americano tanto sonhou depois de ter sido derrotado pelo brasileiro em 2010: Sonnen massacrou Silva durante quatro rounds, mas foi finalizado no quinto.