Wanderlei Silva pede desculpas e reconhece erro no UFC 147 

Wanderlei Silva não conseguiu dar aos brasileiros o show que prometeu antes do UFC 147. Ele foi derrotado pelo americano Rich Franklin pela segunda vez na carreira, no Ginásio Mineirinho lotado. Triste pelo resultado, ele pediu desculpas ainda no octógono e reconheceu um erro.

"Muito obrigado por virem hoje. Eu dei meu máximo e queria muito dar esse nocaute para vocês. Desculpas, mas foi um honra lutar aqui", afirmou, para depois fazer uma análise do combate: "eu dei tudo e achei que ia nocautear no segundo round. Passei um pouco do ponto, mas agradeço a todos vocês que tiveram aqui. Eu amo vocês e é por vocês que estou aqui".

Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

De fato Wanderlei esteve muito próximo da vitória. Ele conseguiu derrubar Franklin com um soco e depois partiu para o ataque, confiante na vitória. Porém, faltavam poucos segundos para o final do round, e o americano acabou salvo pelo gogo. Os juízes lhe deram a vitória por 10 a 9, mas o placar foi exatamente o contrário em todos outros rounds.

Confira todos resultados do UFC 147:

Card principal 

Rich Franklin venceu Wanderlei Silva por decisão unânime dos juízes 

Cezar Mutante venceu Serginho Moraes por decisão unânime dos juízes 

Rony Jason venceu Godofredo Pepey por decisão unânime dos juízes 

Fabricio Werdum venceu Mike Russow por nocaute 

Hacran Dias venceu Yuri Marajó por decisão unânime dos juízes

Card preliminar

Rodrigo Damm finalizou Gasparzinho no primeiro round 

Francisco Massaranduba nocauteou Delson Pé de Chumbo no primeiro round 

Hugo Wolverine venceu John Macapá por decisão dividida dos juízes 

Thiago Bodão nocauteou Leonardo Macarrão no terceirou round 

Marcos Vina nocauteou Wagner Galeto no terceirou round 

Felipe Sertanejo e Milton Vieira empataram