Presidentes e CBF acalmam disputa entre federações de RJ e SP

A sede da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) foi palco de uma cena inesperada, nesta sexta-feira: Marco Polo Del Nero, presidente da FPF (Federação Paulista de Futebol), cumprimentou e trocou pedidos de desculpas com Ruben Lopes, mandatário da Ferj (Federação do Estado do Rio de Janeiro). O ato surpreendeu porque, durante as últimas semanas, os dois trocaram atitudes e palavras duras.

Os problemas entre federações de Rio e são Paulo começaram quando Marco Polo Del Nero resolveu ser candidato à vice-presidência da CBF. A Ferj tinha indicado Zagallo para o cargo e esperava que os paulistas cumprissem o acordo e não criassem essa disputa. Ruben Lopes chegou a se manifestar publicamente para criticar a quebra do acordo entre as federações.

Porém, nesta sexta, o presidente da Ferj apresentou um discurso mais ameno: "temos ainda muita coisa para conversar, o que faremos em breve. Mas hoje, de minha parte, esse encontro serve como pedido de desculpas pelos excessos que possam ter havido nas entrevistas nos últimos dias", disse Rubens Lopes, que também recebeu as desculpas de Del Nero.

Presidente da CBF, José Maria Marin tem se esforçado para acabar com todas divisões criadas desde a renúncia de Ricardo Texeira. Temeroso por seu futuro no cargo, ele também contribuiu para que essa disputa entre paulistas e cariocas acabe logo.

"É uma disputa normal, não devemos colocar em termos de disputa regional. Não existe Rio contra São Paulo. Existe uma colocação de pontos de vistas diferentes, tanto é assim que fomos surpreendidos com a presença dos dois aqui", afirmou Marin, que viu Del Nero e Lopes posarem para uma foto se cumprimentando.