Alison e Emanuel perdem para alemães 

Nesta sexta-feira, a dupla brasileira Alison e Emanuel perdeu para os alemães Erdmann/Matysik, no tie-break, por 2 sets a 1, parciais de 19-21, 22-20 e 15-9, em partida válida pela terceira rodada da etapa de Brasília do Circuito Mundial de vôlei de praia.

Antes do jogo, Emanuel havia dito que não queria que o jogo fosse para o tie-break, já que o forte calor brasiliense vem castigando os jogadores. Emanuel ressaltou também a altitude elevada da capital nacional, o que cansa mais os atletas.

Nas arquibancadas, familiares de Emanuel acompanharam a partida. O pai, Fernando, dois tios e o filho, Mateus, 14 anos, estavam empolgados na torcida. O menino e um dos tios ficaram "palpitando" durante a maior parte do jogo. Só no tie-break ficaram calados, pois sabiam que Emanuel não queria ir para o set de desempate.

Os familiares disseram que acompanham os jogos sempre que podem e já foram várias vezes para Brasília, cidade onde mora outro tio do jogador. Já Mateus mora em Maceió, com a mãe, e Emanuel mora no Rio de Janeiro com a mulher, a ex-jogadora Leila.

Alison interagiu bastante com a torcida, "chamando-a para o jogo". Quando alguém gritava algo do tipo "vamos Brasil!", Alison respondia: "agora vai!". Mas o resultado não foi o esperado para os brasileiros, que estavam visivelmente irritados após o término do jogo.

Na próxima fase os confrontos começam a ser eliminatórios, e os brasileiros aguardam a dupla vencedora do jogo entre os alemães Dollinger/Windscheif e os letões Samoilovs/Sorokins.