Oswaldo justifica reserva de Loco Abreu: precisa de recondicionamento

O Botafogo, enfim, deixou de lado o fantasma da eliminação na segunda fase da Copa do Brasil ao empatar sem gols com o Guarani, no Engenhão, na noite desta quarta-feira - no jogo de ida, em Campinas, o time carioca havia vencido por 2 a 1. Entretanto, a grande questão na sala de imprensa durante a entrevista do técnico Oswaldo de Oliveira foi a ida do atacante Loco Abreu para o banco de reservas. A resposta do treinador foi simples: o uruguaio precisa recuperar a forma física.

"O Loco Abreu é um dos nossos artilheiros, um jogador importante e que está se preparando melhor", minimizou o treinador, que optou em sua formação inicial pela entrada do argentino Herrera. "Ele (Loco Abreu) passou por um recondicionamento físico, em seguida levou uma pancada forte e ainda sente, mas vai evoluir. À medida que eu julgar que ele está pronto, aí sim ele vai jogar", completou.

Os cerca de 4 mil botafoguenses presentes ao Engenhão no empate sem gols que garantiu a vaga nas oitavas de final não entenderam desta forma e chegaram a pedir a entrada do atacante uruguaio, que passou o jogo inteiro sentado no banco de reservas. Novamente, Oswaldo preferiu não estender o assunto e afirmou, inclusive, que mesmo fora por opção do treinador, Loco Abreu participou das conversas com o grupo incentivando seus companheiros.

"Ele participou muito, inclusive no final (do jogo), quando a gente se reúne no vestiário. Entrou comemorando, dando força para os jogadores, apoiando os mais novos como o Gabriel", explicou o treinador, que ainda teve que responder a perguntas sobre as reações do jogador ao observar a partida fora das quatro linhas. "Eu não fico olhando para trás no jogo, não pude perceber, mas não vejo nenhuma diferença nisso", completou.

Na próxima fase da Copa do Brasil, o Botafogo terá pela frente o Vitória, da Bahia, que eliminou o ABC-RN com uma virada por 3 a 2 no final do jogo. "Vou ter o prazer de voltar a Salvador", brincou Oswaldo. "É um adversário dificílimo, estamos vendo a equipe deles na Copa do Brasil e no próprio Campeonato Baiano. Vamos tentar dar sequência e prosseguir", afirmou.

Antes dos baianos, porém, o Botafogo terá um outro jogo decisivo: neste sábado, pela semifinal da Taça Rio, encara o Bangu em busca de uma vaga na final. Para esta partida, ele terá o retorno de Lucas na lateral direita (nesta quarta-feira, o volante Lucas Zen atuou de forma improvisada no setor).

O elenco alvinegro dorme esta noite na concentração do clube, em General Severiano, e treina na manhã desta quinta-feira. Logo após as atividades, os jogadores serão liberados para voltar às suas respectivas casas devendo, pela noite, retornar ao mesmo local para regime de concentração.