Espanha tenta convencer segundo filho de Mazinho a se naturalizar

Após garantir Thiago Alcântara em sua equipe nacional, a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) insiste para convencer o irmão do jogador, Rafinha, a tomar o mesmo caminho. O filho mais novo de Mazinho, 19 anos, já anunciou o interesse em defender a Seleção Brasileira, mas pode mudar de opinião segundo reportagem publicada pelo diário catalão Sport neste domingo.

Rafael Alcântara é meia como Thiago, mas diferentemente do irmão é canhoto. O jovem nasceu em São Paulo e foi revelado no Barcelona, de cujo time B é destaque atualmente. Conforme informa o jornal, ele recentemente foi convocado pela Espanha sub-19 para encarar a França em um amistoso e, diferentemente de outras ocasiões, resolveu aceitar a chamada. Como presente, recebeu a braçadeira de capitão do técnico Julen Lopetegui e ainda marcou um dos gols na vitória por 2 a 1 em Meaux.

De acordo com o diário, "depois de analisar os prós e contras", Rafinha "decidiu jogar com a seleção espanhola pelo menos enquanto o Brasil não chegue de forma formal". Nesse caso, no momento certo, ele definiria o futuro.

O veículo aponta ainda que o jogador aprecia a "forma generosa" como vem sendo tratado pela RFEF, enquanto que a federação está confiante em convencê-lo a vestir a camiseta vermelha "de forma definitiva". Os técnicos da entidade ainda apostariam nessa possibilidade lembrando que Thiago "passou por algo similar" antes de optar pela Espanha.

Rafinha, que também tem a cidadania espanhola, só não poderia mais atuar pelo Brasil caso entre em campo com o time da Espanha principal. No ano passado, o coordenador dos times de base da Seleção Brasileira, Ney Franco, disse que estava observando o meia para uma eventual convocação.

Segundo já contou Mazinho, campeão da Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, com o Brasil, Thiago Alcântara, 20 anos, também queria defender o País, porém não havia interesse por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em atletas formados na Europa.

Thiago, que nasceu em San Pietro Vernotico, na Itália, também foi revelado pelo Barcelona e joga atualmente sob o comando do treinador Josep Guardiola. Ele estreou pela Espanha principal em um amistoso contra os próprios italianos, em agosto de 2011, e foi convocado por Vicente del Bosque em fevereiro passado para o último amistoso da seleção, diante da Venezuela. Assim, tem boas chances de disputar a próxima Eurocopa, a ser realizada entre 8 de junho e 1º de julho na Polônia e na Ucrânia.