Cruzeiro: presidente espera ajuda de Dimas para definir diretor de futebol

Após a saída do diretor de futebol Dimas Fonseca, que pediu demissão neste domingo, antes do jogo entre Cruzeiro e Tupi, o presidente Gilvan Tavares ainda estuda nomes para o assumir cargo.

"Vamos estudar. Isso não é uma decisão que se toma precipitadamente. É um cargo muito importante no clube que a gente tem que analisar bastante. Eu vou sentar com o Dimas e com o Zé Maria (vice-presidente), vou me aconselhar, para ver quem o Cruzeiro pode trazer para cobrir essa lacuna que o clube vai ficar com ela", explica.

Dimas Fonseca alegou falta de tempo para se dedicar a família e, por isso, pediu demissão. No entanto, Dimas vinha sendo muito cobrado pela torcida. O presidente vai pedir indicação do ex-diretor para o sucessor.

"Sinto demais a perda de um companheiro na direção do futebol. Mas tenho certeza que ele vai estar junto com a gente no dia a dia, já que ele faz parte dessa grande equipe de conselheiros do clube, que apoia a diretoria em todos os momentos. O Dimas não vai deixar de estar ao nosso lado, nos aconselhando e até mesmo na procura desse diretor de futebol eu vou pedir para ele me ajudar", completa Gilvan.

Dimas assumiu o cargo em maio de 2010 em substituição a Eduardo Maluf, hoje diretor de futebol do rival Atlético-MG. Em quase dois anos a frente da gerência do futebol da Raposa, Dimas conquistou o Campeonato Mineiro de 2011, além do vice-campeonato brasileiro em 2010.