Solberg promete processo por falso doping e aponta perda de parceiro  

Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, Pedro Solberg fez duras críticas e prometeu processo contra o Ladetec, primeiro laboratório credenciado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) no Brasil. Solberg chegou a ser acusado de doping pelo Ladetec, mas conseguiu provar inocência em um laboratório alemão após um semestre longe do vôlei de praia.

Além do prejuízo para a própria imagem, Solberg também apontou dificuldades porque havia fechado parceria com o experiente Ricardo, mas perdeu o parceiro em função da inatividade. Pedro, agora ao lado de Marcio, se disse otimista na busca de uma das quatro vagas para Londres. O regulamento foi alterado pela Federação Internacional de Vôlei e o ranking não será mais o responsável pela distribuição, agora a ser feita pelas confederações nacionais.