Joel Santana se demite do Bahia, aceita convite do Flamengo e aposta em R10

O Flamengo ainda não anunciou oficialmente, mas o técnico Joel Santana já dá como certa sua transferência para o clube da Gávea. Ele substitui Vanderlei Luxemburgo, demitido após a vitória por 2 a 0 sobre o Real Potosí, pela Pré-Libertadores, na última quarta-feira. O antigo técnico foi dispensado por protagonizar uma série de polêmicas com dirigentes e com os jogadores, incluindo o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho, grande estrela da companhia.

A diretoria do Flamengo acredita que a chegada de Joel pode esfriar os ânimos dos atletas e encerrar de uma vez por todas a crise que ronda a Gávea desde o início do ano. 

"Ainda não sei quando assumo lá, precisamos ver. Não estou me despedindo, é um até logo. É a quinta vez que estou voltando ao Flamengo. Eles têm o mesmo carinho comigo que o Bahia tem. Eu só conversei com as pessoas do Flamengo quando o Luxemburgo não estava mais no cargo", garantiu o treinador. 

Conhecido pelo seu estilo bonachão e agregador, Joel comandará o Flamengo pela quinta vez. Na passagem mais recente, levou o time - que estava nas últimas posições no Brasileirão de 2007 - à Libertadores. No torneio continental do ano seguinte, entretanto, viveu uma das maiores vergonhas da história recente do Flamengo. Após vencer o América do México por 4 a 2, fora de casa, o rubro-negro foi eliminado ao ser goleado por 3 a 0 no jogo de volta, no Maracanã.

Joel treinou os quatro grandes clubes do Rio e conquistou o Campeonato Carioca por todos, o que o fez ficar conhecido como o 'Rei do Rio'. Em 2000, no Vasco, venceu a Copa Mercosul e o Brasileiro, títulos de maior expressão em sua carreira. Chegou ainda a treinar a seleção da África do Sul durante toda a preparação para a Copa do Mundo de 2010, disputada no país, mas foi substituído às vésperas do início do torneio por Carlos Alberto Parreira.