Drogba perde pênalti, mas faz 2 e leva Costa do Marfim à semi

Principal astro da Copa Africana de Nações, o atacante Didier Drogba mais uma vez foi decisivo para a Costa do Marfim e ajudou o país a alcançar as semifinais da competição. Mesmo depois de perder um pênalti, o artilheiro do Chelsea marcou dois gols na vitória por 3 a 0 neste sábado sobre os anfitriões da Guiné Equatorial na cidade de Malabo e foi crucial para a classificação no campeonato.

Drogba teve a chance de abrir o placar aos 29min do primeiro tempo, em cobrança de pênalti, mas teve seu chute defendido pelo goleiro Danilo - brasileiro naturalizado guinéu-equatoriano. O artilheiro, porém, não se abateu e aproveitou a chance que teve logo em seguinte: aos 36min, ele se beneficiou de uma bobeada do zagueiro Gomez, invadiu a área e ainda driblou dois marcadores antes de bater com firmeza no canto do arqueiro da Guiné.

No segundo tempo, depois de Gervinho desperdiçar duas boas oportunidades para aumentar a vantagem da Costa do Marfim aos 24min. Após falta levantada na área por Yaya Toure, Drogba subiu mais que a zaga da Guiné e cabeceou firme para fazer o segundo e encaminhar a classificação. Toure, aos 36min, fechou a contagem com uma linda cobrança de falta, no ângulo de Danilo.

Uma das seleções favoritas ao título continental, a Costa do Marfim aguarda agora a definição de seu rival na briga por uma vaga na final da Copa Africana. O rival do time liderado em campo por Drogba sairá do encontro entre Gabão e Mali, que se enfrentarão neste domingo na capital gabonesa Libreville.

A outra semifinal africana também será definida no domingo. A Zâmbia, que eliminou neste sábado o Sudão com um triunfo por 3 a 0, pegará o vencedor do embate entre Gana e Tunísia, também agendado para o domingo, em Franceville, no Gabão.