Guardiola diz que categoria de base é a chave do sucesso do Barcelona

O técnico do Barcelona, Josep Guardiola, que concorre ao prêmio de melhor treinador do ano, afirmou nesta segunda-feira que o trabalho nas categorias de base era a chave do sucesso do seu clube.

"A formação dos jovens é o mais importante. Os jogadores que vêm de fora do clube também têm sua importância, mas o fato de ter atletas que se conhecem desde os 10,11 anos de idade e são amigos facilita muito o trabalho", explicou Guardiola, que concorre ao prêmio junto com o escocês Alex Ferguson, do Manchester United e o português José Mourinho, do Real Madrid.

"Os jogadores formados no clube têm um envolvimento mais pessoal, afetivo. Todos querem vencer, mas o fato de poder disputar uma final de Liga dos Campeões ou de Mundial de Clubes com atletas da base é um grande êxito", afirmou o técnico, que também ressaltou a importância do jogo coletivo.

"No tênis, existem grandes figuras individuais, como Roger Federer, Rafael Nadal ou Novak Djokovic. Aqui no Barça, também temos grandes talentos, mas futebol é um jogo coletivo no qual o desempenho de cada um tem repercussão no grupo inteiro", opinou.

''Pep'' ainda explicou que os grandes craques da sua equipe como Messi e Xavi, que disputam o prêmio da Bola de Ouro com o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid não precisam de motivação para brilhar.

"Messi sabe do talento que tem. Estes grandes jogadores não precisam de incentivo, eles jogam com prazer temporada após temporada", afirmou.

Guardiola também falou sobre o Campeonato Espanhol, no qual o Real Madrid abriu cinco pontos de vantagem na liderança após o tropeço do Barça, que empatou no domingo por 1 a 1 contra o Espanyol no clássico da Catalunha.

"Competimos contra um rival com números espetaculares. Precisamos pensar em algo mais que possamos fazer para melhorar. Só dependemos de nós mesmos para dar a volta por cima", completou.

O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, que também participou da coletiva de imprensa, brincou sobre os rumores que especulam sobre uma possível chegada de Guardiola aos ''Red Devils'' para substituí-lo.

"Porque ''Pep'' deixaria o Barça? Se estivesse na situação dele, eu ficaria. O Barcelona é de longe a melhor equipe do mundo", declarou o treinador de 70 anos, que completou 25 anos à frente do United em novembro.

O nome do vencedor do prêmio de melhor treinador de 2011 será divulgado nesta segunda-feira numa cerimônia realizada no Palácio dos Congressos de Zurique.