Pelo Twitter, Falcão discute, recebe apoio de famosos e admite erro

Após sair de quadra transtornado por ser expulso na primeira partida da final da Liga Futsal entre Santos e Carlos Barbosa, o ala Falcão repercutiu, em sua conta pessoal na rede social Twitter, a sua indignação com o cartão vermelho no jogo, que terminou com vitória de virada do time do Sul do país por 4 a 3.

Falcão, que marcou dois gols no duelo, chegou a trocar farpas de maneira branda e irônica com alguns torcedores que enviaram mensagens para criticá-lo, e disse para um fã do Carlos Barbosa que ele "teve muitos pesadelos" causados quando pelo jogador quando atuava pelo Jaraguá.

Jogador publicou mensagens de repúdio à atitude do árbitro, além de estampar em sua página recados de apoio mandada por fãs e amigos pessoais do atleta, entre eles o levantador da Seleção Brasileira Masculina de vôlei, Bruninho.

"Cabeça fria nesse momento parceiro! Invejosos tentarão te crucificar, mas não tiram teu brilho e tuas conquistas! Abraço", escreveu o jogador de vôlei.

Além de Bruninho, outra personalidade do esporte a manifestar sua solidariedade ao atleta, foi o meia Nenê, do Paris Saint-Germain, da França, que, além de dar apoio à causa pessoal de Falcão, ainda declarou sua torcida pelo Santos, clube que defendeu antes de ir para a Europa, no jogo de volta da final.

"Força aí, parceiro! Você é fera e o @santosfc vai reverter na semana que vem. Abração!", disse.

Falcão foi expulso por supostamente ter feito um gesto depreciativo para o juiz, que indicava que ele estaria sendo imparcial em seu julgamento na final. Após a confusão, o jogador do Santos, que teria tentado chutar o árbitro, admitiu que se excedeu em sua atitude, e deixou uma mensagem de apoio aos companheiros para a finalíssima, que acontece no próximo dia 22, dizendo acreditar na virada.

"Galera, nada justifica meu erro, sou humano e explodi, sou de carne e osso, foi uma sequência de coisas, faltas inexistentes, como a do quarto gol. O pênalti que seria a chance de abrir 3 gols, e relembrando, o adversário não tem nada com isso, fizeram a parte deles. Desculpem meu desabafo com vocês, mas algumas coisas nos deixam indignados, virar a pagina, e ser mais um no mar branco dia 22, EUACREDITO", escreveu o camisa 12 do Santos.