Romário sugere que Teixeira renuncie em audiência na Câmara

Na reunião da Comissão Especial da Câmara dos Deputado que analisa a Lei Geral da Copa realizada nessa terça-feira, em Brasília, o deputado federal Romário não poupou críticas aos dirigentes Ricardo Teixeira, presidente da CBF, e Jérôme Valcke, secretário-executivo da Fifa, que compareceram à sessão. O parlamentar criticou a utilização de dinheiro público no Mundial, lembrou as acusações de corrupção que rondam a Fifa e chegou a sugerir a renúncia de Teixeira.

Romário lembrou que a Fifa tornará público no final do ano um documento no qual supostamente seriam divulgados detalhes das denúncias de corrupção que atingiram a entidade na década de noventa. Em seguida, disparou para Ricardo Teixeira: "o senhor se compromete a, se for citado nesse documento, a renunciar à presidência da CBF?"