Ricardo Teixeira pede pressa na aprovação da Lei Geral da Copa

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, pediu “entendimento e cooperação” dos deputados para a aprovação rápida do projeto da Lei Geral da Copa do Mundo de 2014 (PL 2330/11, do Executivo).

“A democracia é saudável, mas o tempo não está mais ao nosso lado. O Brasil fez compromisso com a Fifa e agora tem o dever de fazer uma Copa inesquecível”, afirmou ele.

Teixeira participa neste momento de audiência pública da Comissão Especial da Lei Geral da Copa. Ele diz que os assuntos tratados no projeto (vistos, proteção das marcas dos patrocinadores, permissões de trabalho, etc.) não dizem respeito à soberania nacional, mas sim à flexibilidade para a realização de um evento que vai beneficiar o Brasil.

A audiência está sendo realizada no Plenário 1 da Câmara.