Lei Geral da Copa vai liberar bebida alcoólica nos estádios, diz jornal

A exigência da Fifa de que se permita a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa do Mundo de 2014 está perto de ser acatada. Ao jornal O Estado de S. Paulo, o relator da Lei Geral da Copa, o deputado Vicente Cândido (PT-SP), admitiu que vai incluir no texto a polêmica liberação. "Assim, não seria necessário revogar com cada um dos estados que têm essa proibição", explicou Cândido.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem uma norma segundo a qual não se pode vender bebibas alcoólicas nos estádios, sendo que alguns estados do País têm o mesmo veto. Para facilitar a aceitação da exigência da Fifa no Congresso e diante da opinião pública, Cândido sugere que, em contrapartida, a entidade se envolva em causas sociais do Brasil. Uma das propostas apresentadas é a troca de ingressos - dos jogos de menor apelo do Mundial - por armas de fogo, o que incentivaria a campanha nacional do desarmamento. "Levei a ideia ao senhor (Jérome) Valcke (secretário-geral do órgão), e ele se mostrou favorável à iniciativa", disse o deputado.