Após 63 dias, xodó do Atlético-PR volta ao CT do Caju

O massagista Bolinha está de volta ao CT do Caju. Ídolo da torcida e xodó do Atlético-PR, o massagista ficou 63 dias internado se recuperando de uma úlcera perfurada e infecção no abdômen. Por 45 dias ele ficou na UTI do hospital Vita.

Bolinha correu risco de morte e mobilizou, além da torcida atleticana, jogadores e diretorias de outros clubes. Ainda em fase de recuperação, o massagista passará a receber tratamento no CT do Caju, onde também terá o acompanhamento dos médicos do clube.

O Atlético-PR espera que junto aos colegas de trabalho, Bolinha consiga se recuperar mais rapidamente. Os médicos do hospital Vita, que acompanharam o massagista continuarão com o tratamento no CT do Caju. Bolinha ficará hospedado em um dos quartos do centro de treinamento e a família poderá acompanhar todo o processo.

Mesmo internado, Bolinha seguiu acompanhando o time, depois que teve liberação dos médicos. Agora ele quer também ver a recuperação do clube no Campeonato Brasileiro. "Estou acompanhando tudo pelo radinho, vamos sair desta situação. Acompanhar de fora é mais sofrido que nas quatro linhas. Ali você sente o clima direto, mas confio na nossa recuperação e, no ano que vem, estou de volta", disse.