Zico comemora escolha de Mano e sugere "carta branca"

Portal Terra

RIO - Ex-jogador e diretor executivo do Flamengo, Zico aprovou a confirmação de Mano Menezes como novo técnico da Seleção Brasileira. Em entrevista ao Sportv, o ex-craque disse que o atual comandante do Corinthians é um bom nome para liderar o processo de renovação desejado pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira.

"É um ótimo nome, vem fazendo um grande trabalho e era um dos cotados. Acho que, se o Brasil tem uma geração jovem com capacidade, tem de haver renovação. Mas o treinador tem de ter carta branca, quem está lá tem de definir o que é melhor para a Seleção", afirmou.

Zico acredita que um dos grandes desafios de Mano será preparar um planejamento para que essa renovação termine com a conquista do mais sonhado objetivo: a conquista do hexacampeonato mundial em 2014, aqui no Brasil.

"O ideal é que haja um planejamento visando à Copa do Mundo. Na Seleção, você não pode ser treinador para uma temporada. Com o fato de o Brasil não disputar as Eliminatórias, dá para montar uma base", opinou.

Fã de Muricy Ramalho, Zico lamentou a negativa do treinador, primeira opção de Ricardo Teixeira para o cargo. O técnico não foi liberado pelo Fluminense, com o qual tem compromisso verbal até 31 de dezembro de 2012.

"É um direito do Fluminense. Uma pena que houve desgaste, foi ruim", comentou Zico. "Lamento pelo Muricy, ele fez por onde (assumir a Seleção). Ele fez todo um curso, primário, ginásio, científico e universitário e, quando foi exercer a profissão, teve esse impasse. Gostaria de ver o Muricy na Seleção, seria a maior recompensa para ele", acrescentou.

Para ver Mano e Muricy satisfeitos, Zico ainda deu uma sugestão. "Tem a Seleção Olímpica aí, quem sabe ele (Muricy) não seja o homem certo quando encerrar o compromisso dele com o Fluminense?", questionou o ex-jogador, muito embora os Jogos de Londres ocorram antes do fim do compromisso do treinador com o clube carioca.