Técnico do Vasco: "nunca vou pedir pra sair"

JB Online

RIO - O momento de Gaúcho no comando do time não é dos melhores. Muito pelo contrário. O treinador virou o principal alvo da torcida vascaína, que levou faixas no jogo contra o Palmeiras pedindo sua saída.

Mesmo com as críticas, o treinador fez questão de garantir após a partida que não vai pedir para deixar o comando do time, mas aceitará o que a diretoria decidir.

- O Vasco fez um jogo forte no primeiro tempo, mas a bola não entrou. Pedir para sair, nunca vou pedir. Estou vivendo um momento muito especial no meu clube. Sempre sonhei treinar essa equipe. Se alguém chegar, vou aceitar pois sou funcionário do clube. Talvez eu não esteja no momento certo para dirigir - disse o treinador.