Ex-técnico da Costa do Marfim diz que equipe está rachada

Portal Terra

COSTA DO MARFIM - O ex-técnico da Costa do Marfim, Vahid Halilhodzic, afirmou nesta terça-feira ao jornal marfinense Le Patriote que as divisões no elenco atrapalham a evolução do time como um todo. Halilhodzic, que foi demitido do comando da equipe no final de fevereiro, disse que as estrelas da seleção marfinense - Drogba, Kalou e os irmãos Kolo e Yayá Touré - não estão unidos.

"Eu diria que a equipe tem grandes jogadores, mas não é uma grande equipe. Alguns jogadores não querem jogar juntos. Meu trabalho era superar isso, para garantir que tudo corresse bem", afirmou o bósnio.

Halilhodzic também lançou dúvidas sobre o trabalho que será feito pelo seu substituto, o sueco Sven-Goran Eriksson, que terá pouco mais de dois meses para preparar a equipe. "Um novo treinador não pode fazer isso, pois ele terá apenas 20 dias (referindo-se ao período de preparação) para se preparar para a Copa do Mundo".

Eliminada pela Argélia na Copa Africana de Nações nas quartas de final - torneio da qual era uma das favoritas - a Costa do Marfim está no grupo G da Copa, que tem Brasil, Coreia do Norte e Portugal.