Ronaldinho se sente melhor no Milan do que no Barcelona

Portal Terra

ROMA - Ronaldinho é só alegria no Milan. O brasileiro, que vive ótima fase no time, já fala até em encerrar a carreira no futebol italiano e garante: se sente mais realizado hoje do que quando defendia o Barcelona - clube pelo qual foi campeão europeu em 2006 e eleito o melhor jogador do mundo em duas oportunidades (2004 e 2005).

- Tenho sido importante em todos os times que passei, mas, na verdade, aqui (no Milan) eu me sinto mais realizado, e isso me deixa orgulhoso -afirmou Ronaldinho, em entrevista ao jornal Corriere dello Sport, depois de ser questionado se seu futebol rende mais no Barcelona ou no Milan.

Tanta satisfação faz Ronaldinho pensar até em encerrar a carreira no Milan. - A relação que existe entre eu, o Berlusconi (Sílvio, presidente do Milan) e Galliani (Adriano, vice-presidente do clube) é tão boa que você não precisa de um pedaço de papel para firmar um acordo. Se tudo está bem, vamos adiante - disse.

- Eu não teria nenhuma objeção em encerrar minha carreira aqui em Milão - completou Ronaldinho, de volta à lista de cotados para defender a Seleção Brasileira na Copa de 2010, na África do Sul. Sobre isso, ele despista: ''no momento eu penso apenas no Milan, me concentro apenas no meu clube. O resto, veremos''.

Ronaldinho chegou ao Milan em 2008 e, desde então, era cobrado para repetir as atuações que o consagraram no Barcelona. Pelas palavras do meia-atacante, o problema estava no comando do time rubro-negro. - Estava disposto a mostrar que ainda podia render muito, mas ele (Carlo Ancelotti, hoje técnico do Chelsea) não me deu uma chance - declarou.

Agora sob o comando do também brasileiro Leonardo, Ronaldinho vive uma nova fase. - Léo é acima de tudo um amigo. Nós falamos a mesma língua, em todos os pontos de vista - afirmou.