Estreia da dupla Adriano-Vagner Love será contra o Bangu, no Engenhão

Jornal do Brasil

RIO - A expectativa da torcida do Flamengo para ver a dupla Adriano-Vagner Love em ação é grande. Mas a falta de um documento para regularizar o ex-atacante do Palmeiras deve afastar a hipótese de os dois jogarem juntos quarta-feira, contra o Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira, às 18h30. Além disso, ainda com dores no calcanhar esquerdo por conta de uma queimadura (que aconteceu no fim de novembro), o Imperador pediu para não jogar.

Emprestado pelo CSKA, de Moscou, até o fim de julho, Vagner Love espera um documento do time russo para finalmente ser escrito na CBF. De acordo com a diretoria do Flamengo, a possibilidade de que o documento chegue terça-feira é muito pequena. O vice-presidente de futebol Marcos Braz acredita que o atacante fará sua estreia no sábado, contra o Bangu.

Não acredito que isso (a chegada da documentação nesta terça) vá acontecer, é muito difícil , disse o dirigente, explicando que a diferença de fuso horário entre o Brasil e a Rússia praticamente inviabiliza que a documentação chegue a tempo. Os russos ainda estão vendo a situação dele. Tem a questão do seguro do jogador, em que eles precisam fazer uma alteração por conta do período em que o atacante vem para cá. Isso sem falar no fuso horário. São sete horas de diferença.

Adriano também só deve jogar no sábado. Por sinal, a partida que deve marcar a estreia da dupla mudou de lugar. Antes marcado para o tradicional campo de Moça Bonita, o jogo acontecerá agora no moderno Engenhão.

Adriano não viaja

Vagner Love tem participado normalmente dos treinos com o resto do grupo. Segunda-feira, ficou decidido que ele viajaria normalmente para Volta Redonda, mesmo sabendo que as chances de atuar quarta-feira são remotas. Tudo porque o Flamengo continuará treinando na cidade do Sul fluminense até a véspera do jogo contra o Bangu.

Já seu futuro companheiro de ataque não irá para Volta Redonda. Fora do jogo por causa da ferida no pé, Adriano pediu à comissão técnica para continuar a bateria de treinos físicos da pré-temporada no Rio de Janeiro. Segunda-feira, ele mais uma vez não calçou chuteiras. Quando apareceu no campo, estava apenas de meias.

Um dos destaques da difícil vitória por 3 a 2 sobre o Duque de Caxias, o meia Kleberson engrossa o coro da torcida e pede logo que os dois jogadores entrem logo em campo.

A gente torce para que estes jogadores tenham condições de atuar o mais rápido possível. Tenho certeza de que a torcida está ansiosa disse Kleberson.

O zagueiro Angelim teve volta confirmada. Ele não acredita que sentirá o ritmo de jogo após as férias:

Estou bem fisicamente. O zagueiro é um complemento. Quem desfalca a equipe são os meias e atacantes.