Chelsea nega oferta de R$ 128 mi por Kaká

Portal Terra

LONDRES - O Chelsea, do treinador brasileiro Luiz Felipe Scolari, negou uma suposta oferta de 50 milhões de libras (R$ 128 milhões) para contratar o meia Kaká junto ao Milan. A informação é do Daily Telegraph.

O Milan já reiterou que o meia não está à venda. O jogador, por sua vez, também manifestou seu desejo de seguir em Milão. No entanto, o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, garante que o Chelsea tentou a contratação de Kaká.

- Pelo Kaká, chegou uma oferta astronômica do Chelsea - disse o dirigente italiano, que também assegura contar com propostas pelo meio-campista Pirlo.

Kaká, um dos preferidos do milionário Roman Abramovich, dono do Chelsea, está no Brasil se recuperando de uma cirurgia. Segundo o diário inglês, o meia estaria chateado pelo veto do Milan à sua presença na Olimpíada.

Ele assinou um contrato de cinco anos com o Milan em março. O Telegraph lembra ainda que o quinto lugar do Milan no Campeonato Italiano não garante vaga na Copa dos Campeões.

De acordo com o diário, o Chelsea poderia envolver os centroavantes Didier Drogba e Andrei Shevchenko na negociação para diminuir o preço de Kaká.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais