Botafogo e Goiás empatam sem gols pelo Brasileirão

Glorioso e Esmeraldino não saíram do 0 a 0 em jogo disputado no Rio de Janeiro, no encerramento da 17ª rodada do Brasileirão

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF/CBF
Credit...Foto: Thiago Ribeiro/AGIF/CBF

No Nilton Santos, Botafogo e Goiás ficaram no 0 a 0, em duelo válido pela 17ª rodada do Brasileirão Assaí. Com o resultado dessa segunda-feira (19), os cariocas ocupam a 14ª posição, com 19 pontos. Enquanto o Esmeraldino segue na lanterna, com 11 pontos e dois jogos a menos.

O jogo

O Botafogo comandou o primeiro tempo do duelo no Nilton Santos. As tentativas do Alvinegro começaram em arremate de Rafael Foster, aos dois minutos. Na sequência, Pedro Raul aproveitou cruzamento de Kevin e mandou com perigo por cima da meta adversária. Já aos 17, Honda foi quem teve a chance, mas viu Tadeu salvar o Goiás. O goleiro esmeraldino ainda precisou trabalhar em outros três lances: aos 24, em mais uma finalização de Pedro Raul, aos 28, em chute de Rhuan e, aos 40, após batida de Caio Alexandre. Do outro lado, os visitantes chegaram com Daniel Bessa, aos 27, e Shaylon, aos 40, nas duas oportunidades Diego Cavalieri evitou o gol.

Depois das conversas nos vestiários, o Glorioso manteve a pegada da etapa inicial e assustou antes mesmo do primeiro minuto. Pedro Raul recebeu passe de Honda e arriscou o chute, que passou tirando tinta da trave adversária. Dessa vez a resposta do Verdão foi imediata e no minuto seguinte Vinícius parou em nova defesa de Cavalieri. E toma lá, dá cá. Honda, aos três, quase marcou para os cariocas. Enquanto, Keko, aos nove, tentou para o Esmeraldino. Um minuto depois, mais uma chance para o Botafogo em cabeçada de Bruno Nazário. O equilíbrio seguiu ditando o ritmo do segundo tempo e, aos 12, Doulgas Baggio levou perigo para o Goiás. A partir daí o duelo perdeu um pouco de intensidade. Aos 32, o time da casa voltou a assustar com Matheus Babi e de novo Tadeu brilhou para fazer a defesa. Os visitantes também reapareceram no ataque em cobrança de falta de Edílson, aos 38. Mas a rede insistiu em não balançar e o placar permaneceu zerado até o apito final.(com informações da CBF)