Jornal do Brasil

Esportes

Vasco pressiona Bangu em São Januário, mas duelo fica no empate

Jornal do Brasil

O Vasco deu o primeiro passo no Campeonato Carioca recebendo o Bangu em São Januário, na tarde deste domingo (19). Apesar da pressão no segundo tempo feita pelo time da Colina, a partida que marcou a estreia do técnico Abel Braga e do atacante Germán Cano terminou empatada sem gols. Com o resultado, as duas equipes somaram um ponto na Taça Guanabara.

Na próxima rodada, o Vasco terá o clássico com o Flamengo, no Maracanã, enquanto o Bangu encara o Resende, no Estádio do Trabalhador.

A partida começou movimentada, mas sem muitas chances claras de gol. Em casa, o Vasco buscava pressionar a saída de bola do Bangu e marcar ainda no campo ofensivo, mas, ao mesmo tempo, deixava espaços que possibilitaram o adversário a chegar próximo à área.

Os dois times erraram muitos passes na etapa inicial e, talvez, as melhores chances saíram de finalizações de longa distância com Talles Magno, pelo Vasco, e com Raul, pelo Bangu.

Houve também reclamação. Em jogada pela direita, Pikachu tentou cruzamento e a bola pegou no braço de Jairinho, do Bangu e que já atuou pelo Vasco. Os jogadores cruz-maltinos reclamaram de pênalti.

Na volta do intervalo, Cano recebeu, girou e bateu para a defesa de Matheus Inácio. No lance seguinte, Juliano apareceu sem marcação na área, após cobrança de falta, e cabeceou, mas mandou para fora.

Com as entradas de Tiago Reis e Marcos Júnior, depois da parada técnica, o Vasco melhorou e esteve perto de balançar a rede. Matheus Inácio defendeu uma cabeçada de Talles Magno em cima da linha.

Nos acréscimos, o Vasco avançou como pode e o Bangu se defendeu da maneira que conseguiu para evitar a derrota. Ao apito final, a torcida vascaína demonstrou insatisfação com o resultado.(FolhaPressSNG)