Treino fechado do Corinthians tem Carille "inteiro" e Avelar em campo

Submetido a um procedimento médico na última segunda-feira por causa de dores no joelho esquerdo, o técnico Fábio Carille comandou sem restrições o treino do Corinthians nesta quarta (23), no CT Joaquim Grava.

O treinador já havia trabalhado no dia anterior, contrariando recomendações médicas, mas ficou sentado a maior parte do tempo e somente acompanhou os trabalhos. Desta vez ele foi a campo, orientou os trabalhos e começou a definir o time que enfrenta o Santos, sábado, às 17h, na Arena de Itaquera.

O treino teve portões fechados à imprensa e a escalação é mantida em segredo. Uma formação possível é a seguinte: Cássio; Michel, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf; Pedrinho, Sornoza (Júnior Urso), Mateus Vital e Janderson; Gustavo.

Manoel e Danilo Avelar eram dúvidas por desgaste muscular, mas apareceram em imagens publicadas pelo Corinthians do treino de hoje e devem ir a campo no sábado. Do ponto de vista técnico e tático, Júnior Urso pode entrar na vaga de Sornoza ou mesmo de Janderson, se a decisão for por um time mais cauteloso.

Clayson e Vagner Love são outras possibilidades, substituindo Janderson e Gustavo. Carille ainda comanda mais dois treinos para definir a escalação.

Segundo informações divulgadas pelo clube, a quarta-feira teve treino tático, montagem de time e repetição de movimentos de ataque e defesa.

O Corinthians não conta os lesionados Léo Santos e Everaldo, além de Fagner e Bruno Méndez, que estão suspensos, e do próprio técnico Fábio Carille, pelo mesmo motivo. O auxiliar Leandro da Silva, conhecido como Cuca, dirige o time que é quinto colocado do Campeonato Brasileiro. (FolhaPress SNG)