Jornal do Brasil

Esportes

Jogadores se recusam a entrar em campo e Figueirense sofre WO contra o Cuiabá

Atletas estão com salários atrasados desde julho e o FGTS não vem sendo recolhido

Jornal do Brasil

Com salários atrasados, os jogadores do Figueirense se recusaram a entrar em campo para o duelo contra o Cuiabá na noite da última terça-feira (20), pela 17ª rodada da Série B, confirmando derrota por 3 a 0, conforme dita o regulamento.

 

O time está com direitos de imagem atrasados desde maio, enquanto os salários não são pagos desde julho. O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) dos atletas também não vem sendo recolhido.

A delegação do Figueira até chegou a ir para a Arena Pantanal, mesmo com atraso, mas, após uma conversa no vestiário, os atletas optaram por não jogar. Cumprindo o protocolo, o árbitro Pathrice Maia esperou por 30 minutos para iniciar o duelo marcado para as 21h30 (de Brasília) antes de decretar o WO.

 

Promessas

 

Os atletas esperavam pelo pagamento nesta terça-feira para disputar o jogo. Como não houve um contato da diretoria, decidiram por boicotar a partida.

Felipe Rino, advogado dos atletas, explicou que o pedido dos atletas era para que os salários e os direitos de imagem fossem pagos no final da tarde da última terça-feira (20).

"O prazo se esgotou e não houve nem resposta por parte da diretoria. Os jogadores até se comprometeram em jogar caso o presidente firmasse um documento se comprometendo a quitar os atrasados até o dia 28. Caso não quitasse, ele pediria afastamento da diretoria executivo. Essa reivindicação foi rechaçada. Os atletas entendiam que isso seria um motivo para jogar, mas a diretoria não demonstrou nenhum tipo de boa vontade". 

STJD

Com o WO confirmado, o Figueirense será julgado Superior Tribunal de Justiça Desportiva com base no Artigo 203 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por “deixar de disputar uma partida sem justa causa”.

Desse modo, o clube pode ser multado entre R$ 100 e R$ 100 mil, além de ter a derrota por 3 a 0 confirmada. Se a equipe reincidir na ocorrência, poderá ser excluída da Série B.

Veja a nota emitida pelo Figueirense:

"O Figueirense Futebol Clube comunica que a decisão de promover o W.O. na partida da Série B do Campeonato Brasileiro desta terça-feira, 20 de agosto, contra o Cuiabá, em Mato Grosso, é exclusiva dos jogadores profissionais relacionados para o confronto. Vale ressaltar que a comissão técnica se apresentou normalmente para a disputa e o setor de logística do Alvinegro promoveu todos os procedimentos prévios para entrada em campo dos atletas".