Tóquio-2020 terá medalhas feitas com materiais reciclados

Competição será disputada a partir de 24 de julho do próximo ano

A organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 divulgou o modelo das medalhas que serão distribuídas aos vencedores da competição esportiva.


O destaque das premiações de ouro, prata e bronze fica por conta do material utilizado na confecção das medalhas: elas são produzidas inteiramente de metais reciclados de celulares e outros aparelhos eletrônicos.


A apresentação aconteceu exatamente um ano antes do início das Olimpíadas, no Japão, durante uma cerimônia feita nesta quarta-feira (24), que contou com as presenças do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe e do alemão Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI).


De acordo com o comitê organizador local, as medalhas terão um diâmetro de 8,5 cm de diâmetro. Na parte da frente haverá os anéis olímpicos e o logotipo da Tóquio-2020, enquanto que, na parte de trás, terá a imagem da Nike, deusa grega da vitória, no estádio Panathinaiko, em Atenas.

Os Jogos de Tóquio serão realizados de 24 de julho a 9 de agosto de 2020, e os Jogos Paralímpicos acontecerão entre 25 de agosto e 6 de setembro.