Jornal do Brasil

Esportes

Reforço do Flamengo pensou em se aposentar e teve camisa 'devolvida' por torcida

FolhaPress

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Vivendo um período em que muitos holofotes estão voltados para a Gávea, o Flamengo conseguiu guardar a sete-chaves a negociação com o zagueiro espanhol Pablo Marí, de 25 anos, que foi anunciado nesta quinta-feira (11). A notícia surpreendeu não só pelo sigilo adotado quanto pelo próprio perfil do jogador, ainda desconhecido da grande maioria dos torcedores brasileiros.

Sabe-se, porém, que o defensor chega prestigiado do futebol da Espanha, apesar de já ter atravessado contratempos que o fizeram pensar até mesmo em se aposentar. A revelação de que pensou em parar foi feita ano passado à rádio "Cadena Ser", da Espanha, por motivos de crescimento precoce.

"Eu comecei com seis anos na base do Valencia, e fiquei quatro anos. Depois, fui ao Levante, e aí passei uma época muito complicada, porque eu cresci muito rápido e tinha dores na pelve a cada dois, três meses, porque eu crescia muito rápido, então só tinha cartilagem, e não osso. O problema era nas cristas ilíacas. Foram quase dois anos muito ruins, nos quais pensei em abandonar o futebol", disse na ocasião.

Outro episódio difícil vivido por Marí foi na Segunda Divisão espanhola, quando após sete jogos consecutivos sem vitória pelo La Coruña, foi presentear um torcedor com uma camisa e o mesmo a "devolveu", tacando-a no campo.

ELOGIADO NA ESPANHA

Apesar destes momentos complicados, Pablo Marí vinha sendo muito elogiado na Espanha. Canhoto de 1,93m, disputou 38 partidas nesta temporada, sendo 36 como titular, e fez dois gols. Chegou a ser sondado por clubes da Primeira Divisão e pelo Fenerbahçe, da Turquia.

Ele foi revelado pelo Mallorca (ESP). Seu contrato com o Manchester City (ING), equipe que o emprestou, chegou ao fim no último dia 30 de junho, mas o único clube que defendeu fora da Espanha foi o NAC Breda, da Holanda.

TERCEIRO ESPANHOL NA HISTÓRIA DO FLAMENGO

Pablo Marí será o terceiro jogador espanhol a atuar no Flamengo. Antes dele, passaram pelo time da Gávea o goleiro José Tunel Caballero, que disputou 19 partidas em 1937, e o atacante José Ufarte, que primeiramente chegou ao clube ainda nas divisões de base, entre 1958 e 1960, e depois retornou já como profissional, entre 1962 e 1964.

PRAIA

Um dos fatores que pode ter influenciando Pablo Marí a aceitar a proposta do Flamengo são as belezas naturais do Rio de Janeiro. Em suas férias, seus destinos costumam ser o litoral, principalmente as praias da Espanha e Itália, sempre na companhia de sua esposa, a espanhola Veronica Chacón, e o filho de um ano e cinco meses, Pablo Marí Villar Jr..