Patrocinadores suspendem campanhas com Neymar após acusação de estupro

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira pedido para registro para oferta pública secundária de ações em seu braço de distribuição de combustíveis, a BR Distribuidora.

O conselho de administração da petroleira estatal havia aprovado em maio a venda de uma participação adicional na BR, o reduzindo sua fatia na empresa para menos de 50%.

Macaque in the trees
Neymar Júnior (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

A Petrobras detém atualmente uma participação de 71,25% na BR Distribuidora, após ter feito no final de 2017 uma oferta inicial de ações da subsidiária (IPO, na sigla em inglês) que levantou cerca de 5 bilhões de reais.

Segundo a Petrobras e a BR, o pedido para nova oferta foi apresentado à Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) e prevê esforços de colocação das ações no exterior.

Uma minuta de prospecto preliminar divulgada em separado pela BR aponta que a oferta secundária será coordenada por J.P. Morgan, Citigroup, Bank of America Merrill Lynch, Credit Suisse, Itaú BBA e Santander Brasil.

O documento não aponta o preço por ação e o valor da oferta.

"A realização da oferta estará sujeita às condições dos mercados de capitais nacional e internacional", afirmou a BR.