São Paulo perde mais uma vez e é eliminado da Copa do Brasil

O São Paulo voltou a decepcionar a sua torcida nesta quarta-feira (29) ao ser derrotado pelo Bahia, por 1 a 0, na Fonte Nova, e acabar eliminado da Copa do Brasil nas oitavas de final.
O time paulista já havia sido derrotado pelo rival baiano na partida de ida, no Morumbi, pelo mesmo placar.
Único dos quatro maiores clubes paulistas que nunca venceu o mata-mata nacional, o time tricolor já está há quatro partidas sem saber o que é vitória.
Fora da Copa do Brasil, o São Paulo agora vai focar no Campeonato Brasileiro, única competição que terá para disputar até o final do ano. Na temporada, o time deu adeus precoce à Taça Libertadores, eliminado pelo Talleres (ARG) ainda na fase preliminar, e perdeu o título do Paulista para o Corinthians.
Pressionado pela necessidade de vencer o jogo, o técnico Cuca abriu mão de iniciar a partida com Alexandre Pato e escalou o ataque com três jogadores rápidos -Helinho, Toró e Éverton.
Já o Bahia teve no centroavante Gilberto o seu jogador mais perigoso nos contragolpes.
O melhor lance da etapa inicial, que terminou sem a abertura do placar, foi de Helinho, que da entrada da área acertou o travessão do rival.
Na volta do intervalo, Cuca colocou Pato em campo, e o São Paulo se jogou à frente em busca do primeiro gol.
Em uma contra-ataque, no entanto, o Bahia acabou fazendo 1 a 0. Artur pegou a bola ainda no campo de defesa e carregou até o ataque. Ele percebeu a passagem de Ernando e só rolou para o zagueiro desviar na saída de Tiago Volpi.
Os dois times voltam a jogar no fim de semana, pelo Brasileiro. O Bahia recebe o Grêmio no sábado (1º), enquanto o São Paulo encara o Cruzeiro no dia seguinte, no Pacaembu.

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton e Douglas Augusto (Flávio); Élber (Arthur Caíke), Artur e Gilberto (Fernandão). T.: Roger Machado

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson (Igor Gomes), Tchê Tchê e Hernanes ; Helinho (Nenê), Toró e Everton (Pato). T.: Cuca

Estádio: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Público e renda: 36.393 pessoas e R$ 995.799,00
Juiz: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Cartões amarelos: Douglas Augusto (BAH); Bruno Alves, Hudson, Igor Vinícius e Reinaldo (SAO)
Cartões vermelhos: Arboleda (SAO)
Gol: Ernando (BAH), aos 8min do 2º tempo