Após título, Arão projeta duelo contra LDU na altitude: "Já jogamos mais alto"

Sem tempo para treinar, jogadores se reapresentam para viajar nesta segunda-feira

Sem tempo nem para comemorar o título do Carioca, conquistado ontem em cima do Vasco, os jogadores do Flamengo já se reapresentaram no fim da manhã desta segunda-feira em um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Às 15h, os jogadores embarcam para Quito, no Equador, onde precisarão de pelo menos um empate contra a LDU na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), para selar a vaga para as oitavas de final da Libertadores.

Macaque in the trees
William Arão (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Willian Arão falou com a imprensa na reapresentação e minimizou a falta de tempo para treinamento nesta segunda-feira. O volante, autor de um dos gols da vitória por 2 a 0 na final, disse que a LDU vai precisar se expor jogando em casa, e o Flamengo precisa saber aproveitar.

- Tem treinamento também, vamos fazer um lá amanhã. Tem papo, treino, vídeo, o mental é muito importante... Tudo é válido. Sem dúvida o título dá um gás, sim. A gente tem mais uma decisão, sabe da importância desse jogo e aquilo que nó temos que fazer. A gente já festejou, já curtiu, agora é virar a chave e se preparar. Na Libertadores às vezes a gente não vai conseguir dar show, jogar o futebol que nós queremos, tem é que sair vencedor. Se tiver que jogar atrás e contra-atacar, a gente vai fazer isso. Não é o que queremos, mas vamos jogar de acordo com que o jogo se apresentar. Vai ser um jogo difícil, duro, mas eles têm que nos atacar, vão ter que se expor também.

No sábado que vem, o rubro-negro estreia no Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro, no Rio.