Federer nas semifinais de Miami, Pliskova e Barty decidem título

O suíço Roger Federer, quarto cabeça de chave, se classificou para as semifinais do Masters 1000 de Miami, e a final feminina no sábado terá um duelo entre a tcheca Karolina Pliskova e a australiana Ashleigh Barty.

Federer venceu na quinta-feira o sul-africano Kevin Anderson (número 6 no ranking da ATP) em dois sets, 6-0, 6-4, e na próxima fase vai enfrentar o canadense Denis Shapovalov (20°), que eliminou o americano Frances Tiafoe (28°).

Federer passeou no primeiro set vencendo por 6-0 com 26 'winners' contra apenas 10 de seu adversário, graças a três quebras.

O suíço lidera agora o duelo pessoal contra Anderson por 6-1, contando as duas últimas vitórias.

Federer tem muitas possibilidades de chegar à final de domingo, e se vencer, ficará a nove títulos de empatar com o americano Jimmy Connors, que tem 109.

O segundo set foi um pouco mais difícil para Federer, mas graças em parte a quatro duplas faltas do sul-africano, o suíço conseguiu se impor diante de um placar adverso (de 4-3).

Federer, que conquistou esse título em três ocasiões (2005, 2006 e 2017), venceu neste ano o torneio de Dubai, mas há onze dias perdeu a final de Indian Wells para o austríaco Dominic Thiam (número 3), que foi eliminado em Miami.

Já Shapovalov venceu Tiafoe em três sets com parciais de 6-7 (5/7), 6-4 e 6-2.

Esta é a segunda participação do canadense em Miami, onde no ano passado foi eliminado nas oitavas de final.

 

 

Mais cedo, depois de cinco horas e meia de interrupção devido à chuva, a australiana Barty venceu com um duplo 6-3 a estoniana Anett Kontaveit e se tornou a primeira finalista do torneio.

Barty (número 12) foi mais precisa em seus voleios a ponto de conseguir 63 'winners' contra 46 de sua adversária, além de aproveitar quatro duplas faltas no saque da europeia (21).

A australiana vai enfrentar agora na final de sábado a tcheca Pliskova, quinta cabeça de chave e que derrotou a romena Simona Halep (número 2), segunda cabeça de chave, com parciais de 7-5, 6-1, um duelo que foi interrompido duas vezes (uma hora e meia) também devido à chuva.

O confronto direto entre Barty e Pliskova favorece à tcheca que tem 2 vitórias a 0.

Barty, que busca o quarto título de sua carreira neste torneio, havia eliminado a tcheca Petra Kvitova (número 3), a holandesa Kiki Bertens (número 7), sua compatriota Samantha Stosur e a ucraniana Dayana Yastremska.

Enquanto isso, Kontaveit chegou às semifinais ao eliminar a taiwanesa Su-Wei Hsieh, que superou a japonesa Naomi Osaka, número um do mundo, a sensação canadense Bianca Andreescu, campeã de Indian Wells, a australiana Ajla Tomljanovic e a americana Amanda Anisimova.

Kontaveit chegou à terceira fase em Miami em 2017 e Barty à segunda no ano passado, o melhor desempenho das duas na cidade americana.

 

meh/gma/aam