Jornal do Brasil

Esportes

"No futebol, você joga melhor e perde o jogo, não tem muita explicação", analisa Diniz

Técnico escalou time reserva na derrota por 3 a 2 para o Flamengo na última rodada

Jornal do Brasil

O técnico Fernando Diniz analisou o desempenho do Fluminense na última rodada da Taça Rio. O treinador, que escalou um time reserva diante do Flamengo, na tarde deste domingo no Maracanã, falou sobre a derrota por 3 a 2. Confira os principais trechos da coletiva:

Macaque in the trees
Fernando Diniz (Foto: Lucas Merçon/FFC)

RESERVAS

Os titulares não jogaram porque já tinham jogado onze partidas em pouco mais de 40 dias, por isso que não jogaram, já estava levando o time no limite do desgaste físico. O melhor para o Fluminense, pensando na temporada, seria que os jogadores fossem poupados, pois a sequência é que nos interessa.

ANÁLISE

A atuação da equipe, de ter tomado dois gols jogando melhor, é futebol. Futebol você joga melhor e perde o jogo, não tem muita explicação. A equipe voltou melhor para o segundo tempo, com domínio bom das ações, sofremos o segundo gol por um desajuste da equipe, o que é normal para um time que não treinou junto.

SUBSTITUIÇÕES

As substituições foram para melhorar o time. Achei que naquele momento, era importante mexer, tentei colocar o time mais para frente para empatar a partida.

AGENOR E CALAZANS

Agenor é um goleiro que conheço há muito tempo, não teve a menor surpresa para mim, pois é muito bem treinado, teve uma atuação muito boa e segura. O Calazans é um jogador que confio muito e enquanto está comigo, joga da mesma forma, sempre se entregando. Fez uma boa partida e ajudou o Fluminense.

JOÃO PEDRO

João Pedro é um jogador que tem muita estrela, jogou poucas partidas, teve um problema de lesão no tornozelo, está voltando agora, ganhando ritmo. É um atleta que tem um potencial muito grande e um futuro brilhante pela frente.

Com site oficial do Fluminense