Jornal do Brasil

Esportes

Pela 3ª fase da Copa do Brasil, Vasco vence Avaí por 3 a 2

A partida de volta será no dia 10/4, em Florianópolis

Jornal do Brasil

O Vasco largou na frente no duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. O time venceu o Avaí por 3 a 2 nesta quinta-feira (14/3), em São Januário. Os gols vascaínos foram marcados por Danilo Barcelos, Rossi e Thiago Galhardo. Com o resultado, o Cruzmaltino chegou ao 13º jogo invicto na temporada. São dez vitórias e três empates. O jogo foi marcado por homenagens ao ex-Presidente e Presidente do Conselho de Beneméritos, Eurico Miranda, falecido na última terça-feira.

A partida de volta pela Copa do Brasil será no dia 10/4, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, às 21h30. A equipe volta a campo neste domingo (17/3), diante da Cabofriense, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, às 16h. Esta partida será válida pela Taça Rio.

Macaque in the trees
Grupo comemora o terceiro gol, de Thiago Galhardo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

O Vasco começou buscando o gol. A primeira chance foi logo com um minuto, após cobrança de escanteio de Pikachu, Danilo Barcelos pegou o rebote e mandou pra fora. O Avaí buscava o contra-ataque e abriu o placar aos 10, com Pedro Castro: 1 a 0. O Cruzmaltino respondeu aos 12, Danilo cobrou escanteio e Werley se antecipou, desviando para fora. A pressão seguiu e o empate quase veio aos 26, quando Galhardo achou Pikachu, que bateu no travessão.

O Avaí se defendia e o Vasco pressionava. Aos 31, Lucas Mineiro arriscou de fora da área e o goleiro fez boa defesa. Um minuto depois, Danilo pegou rebote após cruzamento e mandou para fora. A insistência valeu aos 34, quando Danilo Barcelos cobrou falta e ajudado pelo desvio empatou: 1 a 1. O gol animou o Vasco, que buscou a virada e quase chegou nela aos 45. Galhardo puxou contra-ataque e deu em Pikachu, foi derrubado na entrada da área. Desta vez, Danilo acertou a barreira.

A segunda etapa começou do jeito que terminou a primeira, com o Vasco buscando a virada no placar. O técnico Alberto Valentim promoveu as entradas de Bruno César e Rossi e o time ganhou volume no ataque. Aos 11, depois de muito insistir pelo alto, o Cruzmaltino finalmente virou. Danilo cruzou para Rossi, que se antecipou a zaga e conferiu: Vasco 2 a 1. Seis minutos depois, o terceiro quase veio. Bruno César cobrou falta e Lucas Mineiro desviou, mas parou no goleiro.

O terceiro veio aos 26. Bruno César cobrou com categoria e Thiago Galhardo desviou no primeiro pau. A bola tocou na trave e voltou para o camisa 8, que botou pra dentro: Vasco 3 a 1. Aos 39, o adversário diminuiu com André Moritz: 3 a 2.

Com Club de Regatas Vasco da Gama