Vasco acerta patrocínio master com banco BMG

Além da invencibilidade vigente, mantida após empate dramático com o Flamengo, o Vasco ganhou outro motivo para comemorar. Em acordo que pode atenuar a grave crise financeira, o clube acertou ontem com o banco BMG um contrato de patrocínio master válido por cinco anos. O espaço estava vago há um ano. Como o vínculo é repleto de variáveis por metas, o valor total a ser recebido pelo Vasco ainda é incerto, mas pode atingir os R$ 64 milhões.

Para este ano, os dirigentes vascaínos já garantiram um adiantamento de R$ 8 milhões, referente à temporada inteira. Em um novo modelo de negócios que começa a ser implementado em clubes como Atlético-MG, Corinthians e Cruzeiro, o contrato conta com objetivos relacionados à parceria comercial que será desenvolvida entre clube e banco.

Na segunda temporada, em 2020, os valores podem alcançar a casa dos R$ 15 milhões, desde que atingidas as metas com o produto comercial que simboliza a parceria: um banco personalizado com os nomes de Vasco e BMG envolvidos. Existe, ainda, uma cláusula que permite a rescisão antecipada já em 2020 caso os resultados sejam abaixo do planejado.

O Vasco enfrenta na próxima quinta-feira o Avaí, pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, em São Januário. A sequência invicta em 2019 pode chegar a 13 jogos.