Abou Diaby, ex-Arsenal e seleção francesa, anuncia aposentadoria

O ex-meia do Arsenal, da seleção francesa e do Olympique de Marselha, Abou Diaby, que disputou sua última partida profissional há dois anos em meio, anunciou nesta segunda-feira que está encerrando a carreira.

"Eu estou colocando um fim a minha carreira profissional. Há um tempo tem sido difícil voltar. Tive muitos problemas físicos. Eu decidi parar simplesmente porque o corpo não estava mais acompanhando" afirmou Diaby, de 32 anos, no programa Footissime da RMC Sport 1.

Macaque in the trees
Jogador francês Abou Diaby (Foto: Franck Pennant / AFP)

"Quando saí do Olympique, eu me dei um ano. Mas o problema se mostrou mais complicado do que eu imaginava. Eu cheguei a um ponto em que até mesmo no meu trabalho me incomoda", acrescentou Diaby, convocado para a seleção francesa 16 vezes (entre 2007 e 2012).

Abou Diaby disputou seu último jogo no dia 21 de agosto de 2016 com o OM, em Guingamp. Sofrendo de contusões recorrentes no tornozelo, ele deixou o clube em junho de 2017, depois de ter jogado somente seis partidas.

Em nove temporadas com o Arsenal (2005-2015), ele conquistou duas copas da Inglaterra, sem jogar a final, em 2014 e 2015.