Sem Kawhi Leonard, Raptors são batidos pelo Magic e têm série invicta quebrada

Sem Kawhi Leonard, poupado, o Toronto Raptors acabou sendo batido por 113 a 98 pelo Orlando Magic, mesmo atuando em casa, em um dos três jogos da rodada deste domingo à noite na NBA. Sem seu principal astro, a equipe canadense perdeu após acumular uma série invicta de sete vitórias seguidas e agora passou a contabilizar 17 derrotas em 61 partidas nesta temporada regular da liga de basquete dos Estados Unidos.

Com o retrospecto, os Raptors ocupam a vice-liderança da Conferência Leste, atrás do Milwaukee Bucks, que terá a chance de aumentar a sua vantagem na ponta na rodada desta segunda-feira, quando encara Chicago Bulls, atuando como visitante.

O triunfo expressivo vez o Magic se aproximar da zona de classificação aos playoffs da NBA ao se garantir na nona posição do Leste, agora com 28 vitórias em 61 jogos. O Detroit Pistons, oitavo colocado, hoje fecha esta área qualificatória da tabela à próxima fase da competição.

Curiosamente, o melhor jogador desta partida foi Terrence Ross, ex-jogador dos Raptors, que saiu do banco para fazer 28 pontos sobre o seu antigo time e terminar o duelo como principal cestinha. Para completar, ele ficou muito próximo de contabilizar dois dígitos em dois fundamentos ao apanhar nove rebotes.

Nikola Vucevic, com um "double-double" de 23 pontos e 12 rebotes, foi o outro principal destaque do time de Orlando, que emplacou a sua sexta vitória nos últimos sete jogos ao desbancar o favoritismo da equipe de Toronto. Pelos Raptors, Kyle Lowry somou 19 pontos e dez assistências, enquanto Marc Gasol fez a sua estreia como titular por causa da ausência de Leonard e foi o segundo maior cestinha da equipe, com 16 pontos.

Em outro confronto da rodada deste domingo à noite, o Denver Nuggets deu nova prova do bom momento que vive ao arrasar o Los Angeles Clippers por 123 a 96, em casa, onde

Nikola Jokic e Paul Millsap se destacaram com boas atuações. O primeiro deles fez um "double-double" de 22 pontos e 16 rebotes, enquanto o segundo contabilizou 21 pontos e também 16 rebotes.

Foi a quarta vitória seguida da equipe de Denver, vice-líder da Conferência Oeste, agora com 41 triunfos em 59 partidas. Os Clippers, que tiveram o suplente Lou Williams como cestinha da partida, com 24 pontos, ocupam a oitava posição, agora com 28 derrotas em 61 jogos.

FIM DO JEJUM EM CASA - Fechando a zona de classificação aos playoffs, o time de Los Angeles está logo atrás do San Antonio Spurs, sétimo colocado, que na outra partida da rodada deste domingo foi superado pelo New York Knicks por 130 a 118, no Madison Square Garden. Lanterna do Leste, com apenas 12 vitórias, o time de Nova York encerrou um longo jejum atuando em casa, onde vinha de uma sequência negativa recorde na história da equipe, de 18 derrotas consecutivas sofridas diante dos seus torcedores.

A última vitória em seus domínios havia ocorrido em 1º de dezembro do ano passado, quando superou o Milwaukee Bucks. Desta vez, exibindo uma forte atuação coletiva, o time contou com 24 pontos de Damyean Dotson e Kevin Knox, Dennis Smith Jr e Emmanuel Mudiay marcaram 19 cada. DeMar DeRozan, dos Spurs, terminou o jogo como maior cestinha, com 32 pontos, e ainda apanhou nove rebotes, mas foi o único maior destaque dos visitantes.

Confira os jogos da rodada desta segunda-feira:

Charlotte Hornets x Golden State Warriors

Cleveland Cavaliers x Portland Trail Blazers

Detroit Pistons x Indiana Pacers

Brooklyn Nets x San Antonio Spurs

Miami Heat x Phoenix Suns

Chicago Bulls x Milwaukee Bucks

Houston Rockets x Atlanta Hawks

Memphis Grizzlies x Los Angeles Lakers

Minnesota Timberwolves x Sacramento Kings

New Orleans Pelicans x Philadelphia 76ers

Los Angeles Clippers x Dallas Mavericks