Um tempo e um gol para cada um no Nilton Santos

Vasco abre o placar no início, mas Botafogo busca empate no segundo tempo do clássico

No duelo dos dois times cariocas em melhor fase, nada mais justo que a igualdade. Botafogo e Vasco empataram em 1 a 1 no primeiro clássico da Taça Rio, para um público de apenas 10.133 torcedores no Nilton Santos. Depois de Pikachu abriu o placar em um primeiro tempo dominado pelos vascaínos, a equipe de Zé Ricardo reagiu na etapa final e igualou o marcador com gol de cabeça de Marcelo.

"Quebramos nossa sequência sem sofrer gols, mas o time está dando um passo a cada jogo. Isso é o mais importante", analisou o zagueiro. Apesar do otimismo de Marcelo, o alvinegro segue sem vencer em casa no Carioca: são dois empates e duas derrotas.

Macaque in the trees
Pikachu passa por cima de Gatito após abrir o placar no clássico. Vasco saiu na frente com o gol do camisa 22, mas perdeu os 100% no Carioca (Foto: Jorge Rodrigues/Eleven/Lancepress!)

O Vasco começou a partida como um visitante abusado. O esforço foi recompensado logo aos seis minutos. Cáceres fez cruzamento primoroso para Pikachu, que precisou de duas tentativas para superar Gatito Fernández. Por pouco a vantagem não foi ampliada logo na sequência. Maxi López recebeu bom passe de Rossi e chutou para grande defesa de Gatito.

"Tivemos o controle total do primeiro tempo. No segundo, tivemos um pouquinho de azar, se é que dá para chamar assim. Gostei da entrega", declarou Alberto Valentim. Até a parada técnica, o Botafogo pouco ameaçava, mas equilibrou um pouco as ações após as instruções de Zé Ricardo. Aos 25, Alan Santos deu grande lançamento para Erik, que, cara a cara com o goleiro, bateu para fora.

O alvinegro voltou para o segundo tempo com outra postura. Assim como seu rival, marcou logo no começo. Aos oito, em escanteio, Maxi Lopéz tentou afastar, mas Marcelo completou de cabeça para o fundo da rede. Ferrareis e Bruno César ainda tiveram boas chances, mas o empate se manteve.

Macaque in the trees
Marcelo vibra com o gol de empate. Zagueiro contou com desvio de Maxi López antes de cabecear (Foto: Marcelo Gonçalves/AE)

Botafogo: Gatito Fernández, Marcinho, Marcelo, Gabriel e Gilson; Jean (Bochecha), Alan Santos (Ferrareis), Erik, Leo Valencia e Luiz Fernando; Rickson (Wenderson). Vasco: Fernando Miguel, Cáceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul (Andrey), Lucas Mineiro, Rossi (Lucas Santos), Bruno César e Pikachu; Maxi López (Ribamar). Juiz: Grazianni Maciel Rocha. Cartões amarelos: Marcelo, Erik e Maxi López.

 



Pikachu passa por cima de Gatito após abrir o placar no clássico. Vasco saiu na frente com o gol do camisa 22, mas perdeu os 100% no Carioca
Marcelo vibra com o gol de empate. Zagueiro contou com desvio de Maxi López antes de cabecear